Magia dos Incensos: Opere de Forma Esotérica!



Olá!

Meu nome é Daniél Fidélis, autor do blog Alquimia Operativa e fundador da Irmandade Hermética da Sagrada Arte, IHSA.

Hoje é um dia bastante significativo para nós. Estamos lançando um curso inédito no Brasil: Magia dos Incensos!

Como em todos os nossos treinamentos, ensinamos técnicas para serem aplicadas objetivamente em seu dia a dia.

Mas, antes de apresentar a proposta do curso, gostaria de compartilhar a história do João.

Exemplo do João


João é dono de um pequeno estabelecimento comercial. Mas, nos últimos anos, vinha amargando uma queda significativa nas vendas.

Navegando pelo Facebook, visualizou uma postagem patrocinada convidando-o a baixar um ebook gratuito chamado Sua Prosperidade através de 10 Plantas Sagradas (alterei o nome do ebook a fim de preservar o autor).

João, acreditando ser aquilo um sinal divino, baixou o ebook. Tomou conhecimento das ervas que atraem riqueza. Comprou folhas de louro, canela e cravo. Preparou um banho com estas ervas, acendeu incenso de canela, estava confiante.

Passaram-se meses… Nada mudou…

Existem ervas e incensos da prosperidade?


Hoje vivemos uma espécie de fast food da espiritualidade. A maioria das pessoas preferem o “botão mágico” ao invés do esforço e da disciplina.

Percebemos isso ao verificar a existência de artigos e vídeos viralizados com títulos semelhantes a estes: “ervas para atrair riqueza” ou “plantas poderosas para atrair prosperidade”.

Entenda: algumas ervas, de fato, possuem propriedades sutis que favorecem o afloramento de determinadas qualidades que já temos dentro de nós.

O problema é que algumas pessoas vendem a ideia de que basta cultivar, queimar ou banhar-se com determinadas ervas. E todos os seus problemas de escassez desaparecerão, sem esforço.

O conselho que eu dei para João


Pesquisando sobre o assunto, João encontrou o blog Alquimia Operativa. Navegou pelos artigos e gostou do conteúdo.

João resolveu enviar um email relatando a experiência acima e me perguntou o que fez de errado.

Sugeri que interrompesse aquelas práticas. A mentalidade “fast food da espiritualidade” estava instalada em João. Ele não estava agindo como um empreendedor. Estava depositando todas a sua esperança nas ervas.

Um erro bastante comum é o exagero nas abordagens: alguns são extremistas na abordagem “espiritual” da vida; outros, na abordagem “materialista”. Ou seja, tendem a negligenciar um aspecto ou outro.

A alquimia apregoa o equilíbrio entre espírito e matéria. Ou seja, o alquimista busca a elevação da alma sem, contudo, negligenciar os aspectos materiais da vida. Afinal, ele vive na matéria.

É o que sintetiza a frase: Ora et Labora.

Instrui a João para que fizesse uma meditação logo cedo ao se levantar e, outra, antes de dormir, sempre que possível, tendo como tema, o problema ao qual estava passando.

Indiquei que queimasse incenso de Breu Branco durante suas meditações. Pois, após a troca de emails, percebi que lhe faltava clareza. Ele estava completamente perdido.

O Breu não aparece nos ebooks, artigos e vídeos como sendo “da prosperidade”.

No entanto, essa resina (bastante comum na Amazônia e nas florestas da América Latina) é excelente para quem busca centramento e equilíbrio (mental e espiritual). O breu é tão enérgico que ele entra na composição de quase todos os incensos.

E era disso que João necessitava.

Seguindo essas orientações, após algumas semanas, João conseguiu enxergar diversas falhas estratégicas em seu negócio. Contratou um consultor para ajudá-lo. Após alguns meses, conseguiu retomar um fluxo saudável de crescimento.

É exatamente disso que se trata o Magia dos Incensos: conciliar os recursos energéticos da natureza com uma atitude objetiva e laboriosa.

Minha história com o incenso


Meu primeiro contato, genuinamente esotérico, com o incenso, foi em Ordens Iniciáticas, em meados da década de 90.

Em todas as Ordens em que tive o prazer de ser iniciado, o incenso compõe a ritualística.

Na maçonaria, por exemplo, especificamente no Rito Adonhiramita, em que fui recebido, existe a cerimônia da incensação. Do “meio-dia” à “meia-noite” o altar dos perfumes recebe o turíbulo com suas resinas ardentes, limpando e perfumando, de coluna a coluna, todo o “Templo de Salomão”.

Toda ritualística em que participamos, trazemos conosco, impregnado, o suave e silencioso aroma do incenso. É como se o ritual ainda permanecesse operativo em nós (e, de certo modo, está).

Mas, o incenso é visto, por muitos, como um simples acessório.

Desde as minhas primeiras impressões passei a observá-lo mais atentamente, buscando um significado mais profundo.

Quanto mais eu aprendo e utilizo o incenso, obtenho a comprovação de que ele é rico em recursos sutis.

Ao longo dos anos, reuni tudo o que pude, em termos de literatura, sobre o incenso.

Testei e desenvolvi diversas fórmulas para as mais variadas aplicações.

Através das práticas alquímicas operativas, aprendi que o incenso pode ser fabricado (em nossa própria casa) em conformidade com os Três Princípios Filosóficos (Mercúrio, Enxofre e Sal).

Recentemente, desenvolvi o Incenso Caibalion, uma verdadeira obra alquímica. Capaz de trazer alívio aos que sofrem de insônia, estresse e necessitam de clareza espiritual.

Todos que fizeram uso do Incenso Caibalion, sem se conhecerem, me relataram experiências semelhantes, todas positivas.

No curso, você aprenderá a prepara-lo.

Benefícios do incenso


Incensar também é uma forma de oração, de prece, de comunhão com os elevados planos de espiritualidade, como solicitando a presença divina e sua bênção aos nossos trabalhos.

Purifica o ar e surte efeitos físicos e psicológicos.

O incenso é empregado para afastar as entidades nefastas que afeiçoam os maus odores.

Consagrar um incenso antes de utilizá-lo denota as aspirações de um coração puro que se eleva.

Quando entendemos a anatomia oculta do incenso, vamos além das receitas prontas e atuamos, verdadeiramente, no plano esotérico.

Do treinamento


O curso está estruturado, basicamente, em três grandes partes:

  1. Teoria do incenso;
  2. Fabricação;
  3. Utilização esotérica.

Na teoria do incenso, você aprenderá a história e o significado do incenso. Estudaremos erva por erva, suas características e utilidades como incenso.

Na fabricação, aprenderá a fabricação artesanal de todos os tipos de incenso: natural, bastão, varetas, etc. Com qualidade suficiente para comercializá-los, caso deseje obter uma fonte de renda extra.

Na utilização esotérica, aprenderá diversos rituais para serem praticados em sua própria casa, em seu grupo de estudos, coven, etc.

Aprenderá a purificar sua casa, incensar outras pessoas com a intenção de cura e/ou reequilíbrio, a Incensoterapia (podendo incluir em seu atendimento, caso seja Terapeuta Holístico), purificar e consagrar objetos, etc.

Convite especial


Caso você tenha se identificado com tudo o que foi exposto acima e realmente tenha feito sentido para você, convidamos a acessar a página do curso e familiarizar-se com todo o conteúdo, valores e condições.

Mas, atenção: as inscrições permanecem abertas por tempo limitado. Só abrimos duas vezes durante o ano.

A inscrição está com um valor promocional. Pois, neste momento, estão disponíveis 4 Módulos, de um total de 9.

Para maiores informações, clique no botão abaixo: